" UM MUNDO ABSTRAÍDO DE SI " | Futuro da Economia

" UM MUNDO ABSTRAÍDO DE SI "




" UM MUNDO ABSTRAÍDO DE SI "


     Desde o início do século XX o mundo entrou em um processo anti-harmônico composto pelos ideólogos, os políticos e a estrutura evolutiva da economia e da sociedade. Não que essa questão fosse inédita, muito pelo contrário, após a primeira revolução industrial os conflitos de caráter econômicos-sociais permaneceram atuantes até os dias de hoje.
     Cremos que pouco adianta alimentar a esperança de soluções produzidas por atitudes e práticas prevalecentes em determinada época. Isso já era ! Se isso fosse verdade, não haveria tantas organizações multinacionais que proliferaram desde o início do século passado.
     O que continua prevalecendo são as dificuldades inconquistáveis, oriundas da desarmonia de pensamentos frente às realidades. O crescimento populacional urbano, por exemplo, nasceu com a industrialização e o significado essencial  da cobrança de impostos, para a manutenção do equilíbrio ponderado entre as taxas de concentração urbana com a produção de alimentos e a assistência social.
     Realidade essa que se tornou o cerne da conjuntura política, muito mais do que econômica, o espírito absenteísta da realidade tem sido a causa do auto-conflito social em todos os segmentos ideológicos.
     A realidade sempre será relatada por números mais do que por palavras : atualmente apenas o Japão devolve para a sociedade 0,92 centavos de dólar do imposto arrecadado, enquanto o Brasil devolve 0,13 e a média mundial é estimada em 0,34 centavos. Nesse indicador está a verdade em números, a moral, a justiça, a indiferença, o preconceito e a hipocrisia !  Nele começa e termina as razões de cada um. Além disso, só restam os pronunciamentos oficiais.












POLITICA DE PRIVACIDADE
Futuro da Economia | Todos os direitos Reservados | Desenvolvido por RIOBRASIL