" O RETORNO PARA A LUTA CONTRA UM ANTIGO FANTASMA " | Futuro da Economia

" O RETORNO PARA A LUTA CONTRA UM ANTIGO FANTASMA "




" O RETORNO PARA A LUTA CONTRA UM ANTIGO FANTASMA "


 Quando zerar a curva da pandemia retornaremos para a luta contra um antigo e perigoso fantasma : O DESEMPREGO!!!! Convém lembrar que em 2018, o índice mundial de desempregados ultrapassava 13%, apenas na faixa de jovens entre 15 a 24 anos. Esse percentual traduz um quadro tão preocupante, quando em números absolutos, soma alguma coisa correspondente à população da China.

Em 1967 o Papa Paulo VI alertava em suas encíclicas essa questão social que se arrasta desde o século XVIII, e chamava a atenção para o desenvolvimento do homem dentro de uma economia solidária. Verdade se diga que os escritos papal em nada alteraram os  valores humanos na economia, necessários para a redução das diferenças dos níveis de vida. O significado do emprego sobrepõe ao pensamento católico-socialista, 

A perda acentuada do valor relativo do empregado é o gatilho para um mundo que está quase explodindo. O desemprego é uma catástrofe e o entendimento de que o desenvolvimento não significa a segurança social, fortalece a expectativa de que estamos sempre margeando uma recessão econômica.

Nada adianta a crença sobre doutrinas. Keynes no início do século passado propôs uma iniciativa intervencionista do governo americano como solução para a recessão, e funcionou. Essa mesma "teoria do arranco" está sendo usada pelo governo brasileiro na manutenção da renda mínima e nos meios de suporte à atividade econômica. 

A presença do Estado deve ser suficiente no manejo estratégico para a proteção dos agentes fatoriais da economia, sem que isso represente o aumento do tamanho do Estado e a diminuição consequente da democracia.  













POLITICA DE PRIVACIDADE
Futuro da Economia | Todos os direitos Reservados | Desenvolvido por RIOBRASIL